Kit SOS Ansiedade F1 21 Mar 2020

A primeira ferramenta é sem dúvida uma boa higiene! Da mesma forma como toma banho, escova os dentes, lava as mãos… os pensamentos também deverão ter o seu processo de higiene diária.

Os pensamentos são como ervas daninhas. Se não as arrancarmos, tomam conta do jardim e deixa de florir.

Tudo o que for feito repetidamente, sejam comportamentos, sentimentos ou pensamentos, tornam-se hábitos, padrões repetitivos que o nosso cérebro grava e torna como verdadeiros.

Como quebrar então esses hábitos? Existem diversas formas, mas, por agora, deixo-vos com o método de Byron Katie que consiste em quatro perguntas que deve fazer perante situações difíceis, nas quais se sinta ansioso, frustrado ou com a perceção de estar “sem saída”.

Este método consiste num processo de autoconhecimento, possibilitando a identificação de falsas crenças, crenças tóxicas e limitantes, que o possam estar a impedir de se libertar e atingir o seu potencial e paz interior.

Passos:

A – Conecte-se com a situação que lhe causa frustração ou ansiedade. Pode ser uma situação específica, um pensamento negativo ou uma crença limitante.
B – Escreva o que sente acerca disso.
C – Faça estas quatro questões:
1 РQual ̩ a minha realidade atual?
2 – Como posso ter absoluta certeza que essa realidade corresponde à verdade? (Encontre factos que corroborem essa verdade e volte a questionar se é verdade, cada uma das respostas que encontrou)
3 – Como reajo quando acredito nisso? Como pensar nisso me faz sentir? Que imagens ou sensações físicas ocorrem quando acredito nesse pensamento? Consigo encontrar um motivo que me faça abandonar esse pensamento?
4 – Quem seria eu sem esse pensamento/crença/sentimento? O que faria se não tivesse este pensamento ou sentimento? Como seria a minha “realidade” sem ele?

Por fim, eu ainda acrescento uma última reflexão: O que me impede de mudar a minha “verdade” e viver sem esse pensamento/crença/sentimento? O que é verdade afinal para mim? O que tenho de fazer para alcançar essa “realidade”?